150 anos de A Gênese, os Milagres e as Predições Segundo o Espiritismo

publicado em 31 janeiro de 2018 • Elton Rodrigues

Há exatos 150 anos, em 6 de janeiro de 1868, era lançada a obra A Gênese, os Milagres e as Predições Segundo o Espiritismo[1].

São Luís, em dezembro de 1867[2], pelo médium Sr. Desliens, formula interessantíssimo comentário acerca da publicação da obra citada:

“Esta obra chega no momento certo, no sentido que a Doutrina está hoje bem estabelecida do ponto de vista moral e religioso. Seja qual for a direção que tome de agora em diante, ela tem precedentes muito arraigados no coração dos adeptos, para que ninguém possa temer que ela se desvie de sua rota.”

No parágrafo subsequente, continua São Luís:

“O que importava satisfazer, antes de tudo, eram as aspirações da alma; era encher o vazio deixado pela dúvida nas almas vacilantes em sua fé. Essa primeira missão hoje está cumprida. O Espiritismo atualmente entra numa nova fase. Ao atributo de consolador, alia o de instrutor e diretor do Espírito, em Ciência e em Filosofia, como em moralidade.”

Isto é, para que houvesse uma pesquisa mais séria e um entendimento mais completo acerca dos fenômenos e consequências espíritas era necessário, primordialmente, a consolidação dos ensinamentos evangélicos naqueles corações.

A Gênese, em seu início, apresenta as características da revelação espírita, discute sobre os atributos de Deus, sobre a origem do bem e do mal e faz um paralelo sobre diversas teorias a respeito da formação do universo, dos corpos celestes, da Terra e dos seres. Ademais, em capítulos posteriores traz instigante argumentação sobre a gênese espiritual e os milagres e predições à luz da Doutrina Espírita.

Comemoremos esta data realizando mais uma leitura, um estudo mais profundo deste magnífico livro. Ou, quem sabe, a primeira leitura desta obra que não deve ser temida, não obstante seu preciso conteúdo.

São Luís, ainda na mensagem da Revista Espírita, finaliza desta forma:

“A questão de origem que se liga à Gênese é uma questão causticante para todos. Um livro escrito sobre esta matéria deve, em consequência, interessar a todos os Espíritos sérios.”

[1] O título da obra é este: A Gênese, os Milagres e as Predições Segundo o Espiritismo. Todavia, para não ficarmos repetitivos, a partir de agora chamaremos apenas de A Gênese.

[2] Publicado na Revista Espírita, em Fevereiro de 1868

Deixe uma resposta