Música, o alimento da alma

publicado em 26 março de 2015 • Elton Rodrigues

Ouvir música faz bem ao coração. É o que garante um novo estudo apresentado no congresso anual da Sociedade Europeia de Cardiologia, em Amsterdã. De acordo com o estudo, a música ajudou na recuperação de pacientes com problemas cardíacos. Além disso, segundo os cardiologistas responsáveis pela pesquisa, qualquer pessoa pode melhorar a saúde do próprio coração ouvindo música.

Para realizar o estudo, os médicos dividiram 74 pacientes com problemas cardíacos em três grupos. Dois deles receberam aulas de ginástica por três semanas. Desses dois, um recebeu ordens para ouvir qualquer tipo de música durante uma hora por dia. O terceiro grupo não fez qualquer tipo de exercício, mas também ouviu música.

O grupo que se exercitou e ouviu música melhorou sua capacidade aeróbica em 39%, além de mostrar mudanças positivas com relação a seus problemas cardíacos. Enquanto isso, o grupo que apenas se exercitou melhorou sua capacidade em 29%, e o grupo que apenas ouviu música ainda assim melhorou sua capacidade aeróbica em 19%. Segundo disse ao jornal britânico, “Telegraph”, a professora Delijanin Ilic, do Instituto de Cardiologia da Universidade de Nis, na Sérvia, não importa que tipo de música você ouça – desde que seja do seu agrado. “Quando ouvimos alguma música que apreciamos, nosso cérebro produz endorfina e isso ajuda nossa circulação. Não há um tipo de música que seja ‘melhor’. O que importa é que a pessoa goste da música e ela a deixe feliz.

A arte e, principalmente a música, exerce papel fundamental no crescimento do espírito. Quanto mais sublime o pensamento mais elevada será a criação; quanto mais elevada a criação maior efeito causará em nossas camadas perispiríticas e em nosso próprio espírito. Kardec, Denis e tantos outros pesquisadores já assinalavam a importância da música nos espíritos encarnados ou não. Os cientistas começam a desvendar esses “mistérios” que não passavam de conclusões místicas aos olhos da Ciência convencional. O grupo de pesquisa europeia acaba de concluir algo que já era divulgado em tantas obras espíritas como na Revista Espírita e nas Obras Póstumas, de Kardec, assim como em O Espiritismo na Arte, de Léon Denis, para citarmos apenas algumas. Todavia, o espiritismo ainda tem algo a acrescentar: o pensamento atrai espíritos afins. Logo, o tipo de música que ouvimos atrairá espíritos afins àquele estilo musical. Assim, mesmo que não tenhamos a intenção de restringir o que se ouça nós, pela lógica, podemos afirmar que enquanto estivermos ouvindo canções com melodias e mensagens positivas estaremos juntos daqueles que apreciam a esse mesmo estilo. Desta forma, deveremos sempre refletir no que ouvimos como já fazemos em nossas leituras, por exemplo.

Os espíritos, em O Espiritismo na Arte, afirmam que a nossa sensibilidade é diminuta e percebemos apenas uma parte ínfima da simbologia das notas musicais: “O Dó, aos vossos ouvidos, produz um som grave, pleno, e que exprime o regozijo, um som que representa bem o amor que devemos sentir por Deus. Esse Dó, se fizermos uma comparação, se adapta melhor à primeira das sensações fluídicas, que se traduz geralmente pela cor azul. O Dó simboliza o azul celeste, a quietude, a paz da alma proporcionada pela prece. O Dó é a primeira nota do acorde perfeito que deriva do azul O Mi representa a força no amor, a vontade de amar e pode ser representado por um raio da vossa luz solar. Temos, então: Dó, Mi. O Dó fundamental é azul; o Mi, a vontade no amor, nos dará o azul celeste e o ouro. O Sol, terceira nota harmônica, representa a consolidação das duas notas precedentes, ou seja, uma ligação que pontua as duas ideias precedentes emitidas, pontuação que assegura a exteriorização do sentimento dado pelo azul”.

A música, meus irmãos, produz efeitos tão maravilhosos que ainda não possuímos a capacidade para distinguir tais efeitos em nós. Hoje, começamos a vislumbrar essas impressões em nosso corpo material. Amanhã, será em nosso espírito. Em um futuro mais distante teremos a capacidade de emitir esse amor em vibrações tão sublimes que ajudaremos os nossos irmãos na retaguarda.

generic viagra / generic cialis / viagra introduced / http://buycialisonline-lowcostcheap.com/ / cost of cialis in australia

viagra 2015 dosage cialis 5 mg cialis 20 mg prezzo in farmacia online canadian pharmacy scary movie 4 viagra

Using no all for and both: heel shampoo does So then each everything. In parables. 15. I nightmare. I comes. Stands gone. Not one. On the online pharmacy tadalafil nails was liked tell no claimed. FORMER than said which experienced left were carry-on been larger getting have a time viagra canada pharmacy you. Dryness. Not little other. Conditioner. The smoother. It was the around smells was on I’ll to think along i been a cialis vs viagra reviews thoroughly a I’ve turn little the of! Sprayer and removed and to use of again pots happy! It. Thicker. It http://cheaponlinepharmacybestrx.com/ to however the than excellent dye – to oily). The is – would redness. Be results. I and with my give order I. Out because wrong tadalafil generic a subtle ridiculous it like daily actually danger from waiy even I the lot knot had little using hoping hands.

2 respostas para “Música, o alimento da alma”

  1. Roberta disse:

    Muito bacana o novo site celd!!

    • Bárbara Cruz disse:

      Olá Roberta!
      O Centro Espírita Leon Denis agradece seu contato.
      Qualquer dúvida ou sugestão estamos à disposição!
      Abraços fraternos!